terça-feira, novembro 28, 2006

Mau Tempo...









(Panoramica do rio Marnel em Lamas)






Estas fotos são apenas uma mostra da força e violencia das chuvadas e ventos fortes que se fizeram sentir no passado fim de semana.
Cheias, arvores derrubadas, lama e enxuradas de água pelas vias publicas e privadas, caixas das valetas entupidas, obrigaram os nossos comterrâneos a vir para as ruas e limpar as frentes das habitações, evitando enxurradas de água.
O outono, apresenta-se chuvoso e com ele as primeiras cheias transbordaram os rios Marnel e Vouga para fora dos seus caudais habituais.
Sugere-se que se realize uma limpeza de valetas e que se limpem folhas e lixos que entopem as saídas e caixas, evitando enxurradas de água.
Falta sensibilizar a autarquia para limpar valetas e sobretudo informar os cidadãos, sobre a forma de minimizar este tipo de problemas, cada um deve meter mãos á obra...
Estas são as primeiras chuvas, outras certamente virão...
Mais vale prevenir que remediar.


( Enxurrada de água, provoca queda de muro)

domingo, novembro 05, 2006

Ninguém pára o vandalismo!!!




A importância de criar e manter condições de segurança na via pública, é também em parte, um dever e uma obrigação de todos os cidadãos.

Lamentável é o facto de na calada da noite, o simples prazer de destruir ser um prazer para alguns.

Estranho é o facto de quem testemunha estas situações permanece calado, consentido que estas e futuras situações continuem a surgir.

Este exemplo, é um de muitos que encontramos, espelhos partidos, sinais derrubados, tampas de águas retiradas são motivo de regozijo para alguns “marginais” que na calada da noite, continuam a ter este tipo de atitudes.

Além de ser potencial alvo de acidentes, a falta de sinalização, ou a falta dela, provoca acidentes e perturba o trânsito e a segurança local da população.

Este exemplo na foto, permanece assim há cerca de 3 meses partido.

Este tema foi abordado na última assembleia de freguesia e esta informou que iriam ser repostos os espelhos danificados.

È um custo adicional para a autarquia a aquisição de tais espelhos, mas mais grave, não sabemos quanto tempo permanecerão intactos.

Solicitamos por parte das autoridades locais e municipais um reforço da segurança com patrulhamentos da GNR, de forma a tentar minimizar este tipo de situações.

Vamos tentar ser mais participativos e interactivos na segurança e denunciando este tipo de situações, para que quem as pratique seja punido.

A segurança de todos começa por si, proteja-se…denuncie o vandalismo…

Historial - Cortejo com Balanço Positivo (23/10/2006)

A paróquia de Santa Maria de Lamas realizou, no passado Domingo, dia 8 de Outubro, um cortejo de oferendas com o objectivo de angariar fundos para custear as obras de restauro da Capela de Pedaçães e equilibrar desta forma as contas paroquiais.

A tarde, que juntou bastante gente, foi muito animada. O bom tempo muito ajudou. A abrir o cortejo desfilaram pessoas vestidas com trajes regionais cantando “cantigas antigas” – previamente ensaiadas – acompanhadas ao toque de acordeão, que deram vida, cor e alegria ao “desfile”. Logo atrás muitos tractores e carrinhas com abundantes ofertas desde comidas, bebidas, frutos da terra, madeira, areia, animais de "capoeira"… e até uma ovelha…

Bem hajam a todos quantos trabalharam e participaram para que fosse uma tarde “animada”.

O Conselho económico paroquial agradece a todas as pessoas que participaram no cortejo, com as suas ofertas.

O valor apurado foi de 4461.40€.

O muito obrigado a todos pela vossa colaboração.

Historial - Cortejo para obras na Igreja Matriz (02/10/2006)




Irá realizar-se no próximo domingo, 8 de Outubro, um cortejo com intuito de angariação de verbas para benefício da Igreja de Santa Maria de Lamas.

Agradece-se desde já a generosidade de ofertas e a contribuição de toda a população, para esta nobre missão, que todos venham participar.

Destaco o programa de actividades:

11h – Recolha de ofertas em Pedaçães, Vouga e Lamas.

13h – Concentração das ofertas, junto á capela de São Lourenço, dando início ao cortejo.

13.30h – Reagrupamento do cortejo, junto ao parque de merendas no IC2, dirigindo-se ao Largo da Igreja Matriz, onde serão licitadas as ofertas, devendo iniciar-se por volta das 14h.

Um dia dedicado ao empenho de todos, na recuperação da nossa igreja matriz.

O dinheiro angariado, será aplicado na reconstrução do telhado e de outras obras de necessidade emergente.

Votos de um dia bem passado, e contamos também com a ajuda de Sº Pedro, que não pregue nenhuma das suas partidas.

Historial - Falta vontade ou falta dinheiro? (25/09/2006)




Esta é uma realidade dos nossos dias, o endividamento das contas públicas.

Sabemos o quanto pagamos em impostos e sabemos que os impostos são fontes de receita para pagamento de salários, obras e outros fins que ficam no anonimato.

Quando as prioridades são as pessoas e a melhoria de vida das populações, temos gosto em contribuir na medida das posses de cada um, essa é uma das muitas soluções.

Esta obra foi iniciada há muitos anos, tantos que já lhe perdi a conta…

Em campanhas eleitorais, os vários partidos políticos pretendiam acabar a construção do polidesportivo, mas volvidos 12 anos, continua tudo na mesma.

Quando teremos um polidesportivo, com instalações condignas, arrumos para equipamentos, sanitários e duches…quando?

Quando teremos possibilidades de usufruir de um espaço coberto, ou quem sabe de um pavilhão multiusos, para várias modalidades e vários escalões etários, incentivando os nossos jovens, crianças e idosos para as praticas do desporto e do convívio de gerações.

È deveras notório, o avançado estado de degradação dos equipamentos e do polidesportivo, local onde se encontram seringas e outros objectos inadequados neste espaço.

Vamos apresentar formas de resolver isto, a quem? Á câmara, empresas ou entidades capazes de desbloquear esta situação, é um hipótese, porque não…

Queremos criar um espaço a aproveitar para a prática desportiva da escola primária e ATL, num futuro próximo, quem pode por mão a isto?

Afinal, penso que não precisam de novos projectos, falta vontade e empenho de quem toma conta disto, talvez falte apostar em orçamentos que contemplem estas instalações, o dinheiro virá…

Para este projecto, certamente aparecerão patrocinadores, falta inoperância de quem pode agir, que nada faz em contrário.

Vamos continuar á espera, nem que seja mais 12 anos…

Historial - Preparar o novo ano lectivo (04/09/2006)




Agora que as férias chegam ao fim para muitos, é tempo de dar atenção ao novo lectivo que se vai iniciar. Agora voltam as preocupações habituais de que reside em Lamas, Pedaçães e Vouga. Como vão as nossas crianças e adolescentes para a escola?

A resposta é demasiado idêntica á mesma que á 30 anos subsiste… a pé, claro.

Não há vontade de ter, ou mesmo adquirir transporte colectivo para a escola primária e ATL.

È preferível pagar ao “km” esse transporte para alguém, em carrinha particular!!!

Não há verbas, dirão alguns, mas para umas voltinhas com os idosos ou para uns jantares arranjam-se sempre uns trocos, são necessidades políticas ou sociais…

Coça-se a cabeça para saber como arranjar financiamento para ampliação do cemitério e como cumprir promessas eleitorais em tempos de vacas magras.

Todos apertamos o cinto, temos que ter vontade e capacidade de gerir verbas em tempos difíceis, agora que se aperta o cinto a nível de financiamentos municipais e se pode contemplar o plano de actividades da freguesia, há uma certeza, permanece tudo igual ao dos anos anteriores, mas com verbas mais reduzidas, claro.

As paragens dos autocarros já são uma realidade, nem tudo é mau, mas não servem o interesse público, na medida que os respectivos autocarros não estão autorizados a parar, na zona onde se encontram as referidas paragens, a da foto é um exemplo…

Na freguesia não há parques infantis, é triste informar, mas é aquilo que temos.

Ninguém reclama, ninguém tem opinião sobre isto, ou então está tudo bem, afinal são cada vez menos as crianças na freguesia e cada vez mais idosos, percebo o aumento do cemitério, sendo mesmo muito necessário a curto prazo.

Talvez continuaremos assim, durante muitos anos e como diz o ditado “ quem cala, consente…”

Historial - Incêndio ameaça população (07/08/2006)




Chega o verão, e voltam os incêndios, infelizmente.

Desta vez, ocorreu no passado sábado, 5 de Agosto, por volta das 17.30h, um incêndio que deflagrou numa zona de pinhal, junto á descida do Marnel.

Não se sabe ao certo a origem, mas desconfia-se de mão criminosa.

A proximidade das casas em Pedaçães, em zona inacessível por veículos automatizados, obrigou á rápida intervenção dos bombeiros e sem duvida que o helicóptero foi fundamental para combater este foco de incêndio na sua origem, evitando o alastramento a zonas circundantes e ao risco de danos em habitações.

Foi consumida uma extensa área de pinhal, que se enquadrava numa zona verde, uma área protegida de espécies avícolas e outros animais.

Foi considerado circunscrito por volta das 19 horas, no entanto ficaram no local os bombeiros de Águeda, já numa fase de rescaldo.

O forte calor, as elevadas temperaturas e o vento forte que se fez sentir, durante a noite e manha originou reacendimentos e obrigou a nova intervenção na manha de domingo do helicóptero.

Durante a tarde de domingo, a coluna de fuma era visível a alguns quilómetros de distância, mas foi finalmente dado como extinto ao final da tarde de domingo.

Infelizmente, já vem sendo habitual esta situação, todos os anos acontece o mesmo, haja mão pesada para este tipo de crime, alem de afectar muitas pessoas, directa ou indirectamente, é toda a nossa floresta que fica em risco.

Um especial agradecimento aos Bombeiros Voluntários de Águeda, que são incansáveis no cumprimento do seu dever, a todos eles o nosso agradecimento.

Historial - Vamos aproveitar os espaços verdes… (10/07/2006)

Chegou o Verão, com ele as férias (para alguns) e a disponibilidade de usufruir dos espaços verdes e das zonas de lazer, para quem cá vive e quem nos visita.

Alguns podem afirmar, e talvez com razão que o que podemos oferecer a quem nos visita, são sobretudo a oportunidade de uns banhos e uns piqueniques junto ao rio Vouga… sim, sem dúvida.

Lamas do Vouga, precisa de mais espaços verdes, precisa de ter pessoas que gostem de apreciar e desfrutar daquilo que podemos oferecer, é com alguma tristeza que vejo um parque junto á igreja com ervas altas que ultrapassam e sobrepõem-se aos bancos e mesas existentes, tem muito poucas arvores, mas elas não vão á fonte…

Não existem parques infantis, nem zonas de convívio para idosos na nossa freguesia.

É costume limpar as valetas pelas festas e claro, nas vésperas das eleições, hoje em dia é mais simples colocar herbicida.

Com tudo o que temos para oferecer, mais vale ir á praia…para quem pode.

Foi realizada uma limpeza das ervas e do curso do rio Marnel recentemente, junto á ponte romana, talvez isso seja mais prioritário que melhorar as condições de vida da população, dotando a freguesia de bancos, mesas e espaços verdes, mas claro…cuidados, não precisa ser com ervas altas e silvas, como a zona circundante ao polidesportivo.

Para terminar, deixo uma imagem que pela sua perspectiva e pelas calinadas na nossa gramática, dá para dar umas risadas… umas boas férias, e aproveitem para descansar e retomar energias.

Historial - Obras de conservação na Capela de São Lourenço (17/07/2006)




Volvidos alguns anos, as paredes da capela de São Lourenço em Pedaçães, na Paróquia de Lamas do Vouga, vão novamente ser "lavadas".
Ressalta aos olhos de todos, a urgência desta intervenção. Os Invernos chuvosos, a poluição dos automóveis que por ali passam, os verões muito quentes levaram as tintas, provocaram algumas fissuras quer nas paredes quer no telhado… o interior da referida capela já se tornava pouco acolhedor com as paredes e as madeiras muito sujas …
O tempo não perdoa…
A intervenção irá decorrer durante as próximas semanas, a tempo de “ficar com cara lavada” pela altura da festa que se realizará em meados de Agosto, e inclui ainda a limpeza dos poucos granitos, do telhado (mudança de alguma telha que possa estar partida), etc.
O Conselho Económico Paroquial da Freguesia de Lamas do Vouga a todos pede desculpas por algum eventual incómodo que estas obras de conservação possam causar.
Quanto irão custar estas obras?... Ainda não sabemos. Alguns dinheiros se angariaram dos saldos positivos das festas feitas nos últimos anos, mas não vão dar para tudo. Resta-nos o apelo, uma vez mais, à generosidade das pessoas desta nossa terra, que podem deixar os seus donativos, junto aos elementos da Comissão da Fábrica da Igreja.
Convívios, festas, passeios, cortejos, são actividades que todos gostam, e em que todos se disponibilizam, são sugestões para tentar angariar verbas para esta obra.
Desde já, votos de agradecimento ao todos aqueles que nos ajudam, o nosso muito obrigado.


Tomada de posse do Conselho Económico Paroquial

Decorreu no passado domingo, 16 de Julho, durante a celebração eucarística, a tomada de posse do Conselho Económico Paroquial, que se reassume, a cumprir o seu mandato por mais três anos, a todos eles votos de saudação e apreço pelo seu trabalho, em prol da comunidade.

Historial - Traçar objectivos… (03/07/2006)

Lamas, no seu melhor…

Como é do conhecimento geral, tem vindo a publico, notícias que não representam a realidade actual da nossa freguesia, no contexto actual em que nos inserimos.

Não sabemos que rumo, ideias ou objectivos estão definidos para a gestão da autarquia. Compete á população dar ideias e sugestões para uma presidência aberta ao cidadão comum. As notícias publicadas por outros jornais, reflectem uma operância muito boa por parte da Junta de Freguesia., mas que não se aplica ás reais necessidades das pessoas. A prioridade é executar e mostrar obras, gerir dinheiro em questões secundárias e que não se demonstram transparentes.

Como chamar a atenção destes problemas, ás reais necessidades da população?

Podem realizar-se abaixo assinados, ideias e projectos criativos, dinamizar e convidar todos os cidadãos a ser mais participativos na vida da autárquica, conhecendo a sua realidade e dimensão, discutindo os seus projectos e planos de actividades.

È importante participar em assembleias, pronunciar as suas ideias e opiniões, e dar a conhecer as reais necessidades da freguesia e as suas próprias necessidades, é muito importante discutir ideias, só assim todos saem a ganhar.

È bonito mobilar o ATL, limpar a área envolvente á ponte do Marnel e reactivar a associação dos Jovens de Lamas do Vouga. Mas quais são os reais problemas da população, a saúde, a educação e os meios de transporte entre muitos outros…

Que se faz para dar resposta a isto?

Não temos carrinha para as crianças, não temos parque de merendas no Marnel, não temos jardins infantis e áreas de convívio para idosos… não, isso não temos, mas queremos ter…

Felizmente, dispomos de uma associação de jovens empenhada e dinâmica em actividades, vocacionada para todas as pessoas.

Agora, apresentam propostas para reactivar uma associação que gerou dívidas e acumulou despesas, para quê…limpar o nome, lavar a cara, gerir dinheiros públicos, criar mais algum cargo de gestão e gastar uns cobres!!!

Afinal, quais são mesmo os objectivos?



Historial - Assalto ao Cemitério / Passeio a Braga e ao Gerês (26/06/2006)

Assalto ao Cemitério …

Hoje em dia, são muitos os recursos que os gatunos usam para ganhar dinheiro, é triste saber que existem pessoas sem escrúpulos, que na calada da noite saltam os muros do cemitério.

Aconteceu na semana passada, não se conhece a data exacta ao certo, nem se foi por mais que uma vez que o cemitério foi “assaltado”.

Entendo agora com alguma tristeza, porque em Portugal não existem os cemitérios verdes, grandes áreas com vastos tapetes de relva, onde só existem cruzes e onde as pessoas depositam as flores, aos seus entes queridos, familiares e amigos.

Sim, porque os muros são uma barreira física para proteger os bens materiais, que tantos gostamos de ver, a dignificar a ultima morada da nossa família e amigos.

Desta feita, não escaparam os metais das campas “puxadores e lanternas”, um intuito simples, ganhar dinheiro vendendo-os as pessoas que negoceiam na área de metais e sucatas… ao ponto baixo que chegaram.

Sabemos, que a polícia tomou conta da ocorrência, e que na sua perspicácia e celeridade, já consegui identificar o(s) suspeito(s) de tais actos, e que se aguarda que seja feita justiça, mesmo que demore, e que os objectos furtados sejam reavidos e entregues aos seus legítimos proprietários.

===========================================================

A Associação Desportiva e Cultural de Pedaçães, cumpriu mais um objectivo, do seu plano de actividades de 2006, com um passeio de autocarro a Braga e ao Gerês.

Tudo começou pelas 7.30, altura em que todos se reuniram junto á sede da associação para iniciar a viagem.

Depois da partida, conforme o planeado, o rumo foi Braga, onde os presentes puderam visitar a Sé de Braga, seguindo para o Sameiro e o Bom Jesus.

Desfrutando, de uma vista agradável sobre a cidade de Braga, alguns dando o gosto ao pé desceram ao parque de merendas, outros preferiram o autocarro.

Depois de um merecido almoço, de uns petiscos e dos farnéis a tiracolo, foram tomar um café para espevitar, seguindo o seu percurso de após esta pausa, o destino era o Gerês, mais concretamente Sº Bento da Porta Aberta, um local agradável, com lindíssimas paisagens e um ar refrescante da montanha, um local que foi muito apreciado por todos.

Depois de toda a sensação deste dia, foi dado início á viagem de retorno a Pedaçães.

No regresso, quebrou-se a monotonia no autocarro, com a animação da família Carreira que não dando descanso ás suas gargantas animaram e deram musica, com viola e acordeão incitaram os presentes a participara na animação.

Um especial agradecimento ao motorista, que informou aos seus passageiros, os melhores locais a visitar, e foi assim com esta boa disposição que decorreu o regresso sem problemas a Pedaçães.

Quando chegaram, puderam visualizar em ecrã gigante, do encontro de futebol Portugal-Holanda, acabando este dia de emoções fortes com a passagem de Portugal aos quartos de final do mundial.

Historial - Editais quando não há, improvisa-se… (18/06/2006)







Comunicar, sempre foi a forma como damos a conhecer o que queremos, fazemos e quem somos, para tudo sempre foi preciso papeis, e será sempre necessário.

As leis são publicadas em locais de fácil acessibilidade a todos os cidadãos, de forma a entender-mos o seu conteúdo e a assimilar conhecimentos entre outros factores.

Em Lamas do Vouga, existem editais e improvisam-se editais.

Nem sempre, a informação é preservada, para não dizer que muitas vezes esta informação se degrade com a chuva, vento e por vezes, com umas caricaturas ou desenhos menos próprios em editais e outras informações públicas.

Porque não existem editais nos principais locais da freguesia?

Estranho não… talvez alguma da informação não seja importante para todos…

A bom dizer, que bom seria se essa mesma informação tivesse lugares condignos, protegida dos elementos naturais e sobretudo de algumas pessoas cujo interesse é vandalizar, não deve ser difícil, está exposta e acessível a quem pretenda destruir.

Não deve ser tão dispendioso, criar editais públicos, junto a vias publicas, em locais de grande afluência de pessoas e zonas de circulação pedonal.

Deve ser necessário concluir obras e ter verbas disponíveis para depois colocar esses editais em zona embelezadas.

Até lá vamos continuar a ver papeis colados com fita-cola em portas, postes e paragens de autocarro, e placas identificativas de ruas.

Só temos que alertar, para que se faça algo em prol público e que a informação esteja acessível a todos, mas preservada dos elementos naturais e humanos. Resta aguardar, ou protestar sobre esta forma “indigna” de divulgar informação.

Meus senhores, façam algo para resolver isto… é hora de agir ou talvez não!!!

Historial - O dia da comunidade (05/06/2006)



Dia de festa, boa disposição e sobretudo um dia de convívio entre a nossa comunidade.

Domingo de Pentecostes, pelas 11horas, celebrou-se a eucarística seguida de procissão. Muitos foram os presentes que ficaram para almoçar no Cabeço do Vouga.

Puderam usufruir das sombras num dia muito quente, infelizmente com um panorama de incêndio que se avistava nas proximidades de Águeda.

Pelo início da tarde, os presentes puderam usufruir duma visita guiada ás ruínas romanas, em cooperação com os responsáveis pelo Cabeço do Vouga.

De seguida, os grupos dos vários anos da catequese apresentaram algumas brincadeiras, cantos e representações teatrais, que tiveram início pelas 15.30h e se prolongaram até cerca das 17h. De seguida um apetitoso porco no espeto oferecido pelo Conselho Económico Paroquial, fez as delícias dos muitos presentes, bem como bebidas á disposição, também oferecidas pelo restaurante Vouginha.

Desde já um agradecimento a todas as pessoas que directamente ou indirectamente contribuíram para o sucesso deste evento.

Que no próximo ano, se repita este dia de festa e sobretudo que reine a boa disposição.

Historial - Associação dos Jovens de Lamas do Vouga tenta retomar actividades… (29/05/2006)

Conforme anunciado na última edição deste jornal, a associação do Jovens de Lamas do Vouga reuniu no passado dia 25 pelas 21 horas. Estavam presentes sócios e não sócios, deu-se inicio ás actividades e após acessa controvérsia sobre a presença de alguns elementos na sala, a reunião foi cancelada, pelo incumprimento dos estatutos que a regem. De entre alguns motivos que passo a citar incluem-se, o insuficiente numero de membros presentes para a constituição da mesa, o incumprimento do membro designado para presidente da assembleia que não cumpre os estatutos, um aviso postal a todos os sócios da realização da assembleia geral.

Pretendia-se também um breve esclarecimento publico do pagamento de todas as dívidas á segurança social, fornecedor(es) e funcionário(s).

Todos estes motivos foram mais que suficientes para convocar nova assembleia.

Para a criação de novas associações na freguesia, é necessário que todas as dívidas em atraso estejam liquidadas, daqui o facto desta associação estar inactiva há longa data.

Será que se corrigiram os erros do passado e os sócios na sua generosidade contribuíram monetariamente entre todos?

Será que a junta alterou o seu orçamento para 2006 e contemplou verbas para as colectividades, com donativos?

Muitas podem ser as dúvidas, mas todos gostariam de as ver esclarecidas publicamente.

Informo que foi efectuado um pedido de sede numa das salas da Junta de Freguesia e o mesmo foi recusado, será que agora a dualidade de critérios é igual?

No entanto a autárquica colocou á disposição da(s) associações, o pavilhão para a realização de eventos.

São estas e muitas outras questões, que se pretendia serem esclarecidas publicamente.

Será necessário um esforço financeiro, angariar patrocinadores e traçar os objectivos para o futuro. Todos merecem uma 2ª oportunidade, o objectivo é unir as pessoas em torno daquilo a que se propõem fazer, definir um rumo e trabalhar em conjunto, serem transparentes e idóneos, pois só assim se todos remarmos para o mesmo lado, conseguiremos chegar a bom porto.

Historial - Prova de BTT (22/05/2006)

A associação desportiva e cultural de Pedaçães (A.D.C.P.), realizou no passado domingo, 21 de Maio, o seu 1º circuito BTT Cross-country. A associação dirige votos de agradecimento a todos os participantes, patrocinadores, colaboradores e amigos que colaboraram para o sucesso deste evento. A prova decorreu normalmente, o tempo ajudou e foi muito bonito ver tanta gente a praticar desporto. Presidiu ao arranque das duas provas o Dr. Gil Nadais.


A prova de Cross-country, o circuito mais exigente, com uma distância total da prova de 23Kms, um percurso sinuoso com um total de subidas de 4,5Kms. A prova de lazer teve boa aderência, e o mais importante era chegar ao fim, um circuito bem mais agradável de 20Kms, com uns meros 1000 metros de subida, mas que mesmo assim foi difícil para alguns. No final das provas e da entrega dos troféus aos vencedores, um almoço (porco no espeto) esperava os atletas, e reinava a boa disposição. Todos esperam regressar no próximo ano, uma boa organização e uma palavra de apoio a futuras iniciativas desportivas ou outras.

(Foto do Vencedor da Prova Cross-Country)

Historial - 1ª Comunhão (15/05/2006)

Celebração da Comunhão

Realizou-se no passado domingo 14 de Maio, a celebração da comunhão eucarística pelo pároco Mário. São cada vez menos a nossas crianças, talvez fruto das dificuldades que muitas famílias atravessam, e da falta de natalidade a nível nacional.

Orgulhosas e bem dispostas, com muito euforia, agora iniciaram a sua participação activa nesta comunidade cristã.

Dia da Comunidade Paroquial

Realiza-se no dia 4 de Junho pelas 11horas, o encerramento do ano de catequese, será celebrada missa campal na capela do Espírito Santo, no cabeço do Vouga, seguida de procissão ao cruzeiro nas suas proximidades. Contamos com a participação de toda a comunidade cristã, bem como a sua disponibilidade nas actividades religiosas.

Pretende-se com esta iniciativa, que cada família leve o almoço e desfrutem da partilha, do mesmo entre todos. Durante a tarde, a surpresa, será ainda ter apetite para um porco no espeto que será oferta, mas não se esqueçam de trazer as bebidas para acompanhar. Espera-se que S. Pedro colabore, e permita desfrutar das sombras existentes, e também de boa disposição entre todos, mas claro que, sem excessos.

Historial - Relatório de Contas / Comunhão Solene (08/05/2006)

Realizou-se no passado dia 8, pelas 21horas, uma assembleia de freguesia extraordinária, para debater, analisar e aprovar o relatório de contas de 2005, bem como o plano de actividades e o orçamento para 2006.

O relatório de contas de 2005 foi aprovado por maioria com 6 votos a favor e uma abstenção.

O plano de actividades e o orçamento previsto para 2006, contemplam verbas de 153 mil euros aproximadamente. Foram apresentados, discutidos e aprovados por unanimidade pela assembleia.

Foi sugerido ao executivo, a elaboração de um inventário nominal sobre os bens móveis e imóveis pertencentes á autarquia, para informação geral em futura assembleia a realizar.


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Realiza-se no próximo domingo, pelas 9.30horas a comunhão solene na Igreja Matriz de Lamas do Vouga, pede-se a participação da comunidade nesta festa das nossas crianças.


historial - 1ª reunião de Assembleia de Freguesia de 2006 (28/04/2006)

Realizou-se na passada quinta-feira 27/04/06 pelas 21horas, a 1ª reunião de Assembleia de Freguesia de 2006. Foram vários assuntos debatidos. O executivo apresentou uma moção, que foi aprovada por unanimidade, em que consta a delegação de algumas competências de ordem municipal para a autarquia, para a gestão de pequenas intervenções. Esta moção será proposta a aprovação na próxima reunião municipal, para entrar em vigor. Informaram que se vai proceder a um reforço na iluminação pública, com a colocação de novos postes e reparação das lâmpadas danificadas. O executivo autárquico pretende cancelar o pedido de mobiliário á Câmara Municipal. A falta deste mobiliário, impede que se inicie o funcionamento do ATL, a junta de freguesia propôs iniciar actividades do ATL, com o mobiliário que dispõe actualmente.

Realiza-se no próximo dia 8 de Maio uma assembleia extraordinária, devido ao facto dos documentos em análise para aprovação serem somente entregues no início da assembleia de freguesia. O regimento contempla num período mínimo de 48horas e motivou protestos da oposição por ser já ser reincidente em assembleias de freguesia anteriores, este atraso na entrega dos documentos para análise.

Questionado o executivo, sobre os acessos ao cemitério e lavadouro em Lamas, por pessoas com deficiências de locomoção, foram informados os presentes, que se aguardam verbas do município para a conclusão das obras. Resta esperar para que sejam concluídas em breve, um alerta em especial á necessidade de fixação do varão de suporte nas escadas de acesso ao lavadouro, que se encontra encostado ao lavadouro, para que se evitem quedas naquele local.


sexta-feira, outubro 27, 2006


Assim nasce um novo Blog, essencialmente para abordar e informar os nossos conterrâneos das notícias semanais da freguesia.

Espero que seja uma mais valia, que devidamente aproveitada possa contrapor as necessidades da freguesia e que dessa forma, seja um incentivo aos nossos governantes, para aproveitar ideias e sugestões apresentadas com vista á melhoria de vida das populações.


(Na figura, aspecto do Brasão da Freguesia de Lamas do Vouga)